Home » a realizar, Ações, Ações Mercado, Eventos, Eventos Mercado, Notícias » Ministros da Fazenda, do Meio Ambiente e de Minas e Energia participam de evento na FGV/EAESP sobre as principais mudanças para o país com a adoção da INDC brasileira

novembro 12, 2015

Ministros da Fazenda, do Meio Ambiente e de Minas e Energia participam de evento na FGV/EAESP sobre as principais mudanças para o país com a adoção da INDC brasileira

O Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV/EAESP) realiza, com a Iniciativas Empresariais em Clima (IEC), evento sobre a INDC brasileira, em 12 de novembro, com a presença do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, da ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, e do ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga. Eles farão coletiva de imprensa sobre o tema no mesmo dia, às 11h30.

Além deles, estarão presentes os CEOs Wilson Ferreira Junior, da CPFL,  Rogerio Zampronha, da Vestas, e José Édison Barros Franco, da InterCement.

Jornalistas que desejam cobrir o evento: envie nome completo, veículo e RG para os e-mails que constam no fim do release ou entrem em contato com a assessoria de imprensa.

INDC, sigla em inglês para Contribuições Nacionalmente Determinadas Pretendidas, é um documento que contém o que o governo de cada país se propõe a fazer para reduzir as emissões de gases do efeito estufa (GEE) e que deve ser apresentado durante a Conferência da ONU para a Mudança do Clima (COP-21), que acontece em Paris, para se chegar a um acordo climático global.

O objetivo do encontro é promover um diálogo entre as três pastas e o setor empresarial sobre os principais encaminhamentos que ocorrerão no Brasil em decorrência da definição da INDC brasileira, considerando as políticas públicas para os setores de energia, uso da terra, transporte e outros setores estratégicos para que o país chegue à meta de redução de 37% das emissões de GEE, com base em 2005, até 2025.

No mesmo dia, os ministros receberão relatórios e estudos produzidos pela Iniciativas Empresariais em Clima (IEC) direcionados ao governo. A IEC é formada por organizações da sociedade civil que atuam com o tema de mudanças climáticas no setor empresarial – Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), GVces, Instituto Ethos, CDP, Pacto Global e Instituto Envolverde.

LANÇAMENTO: PLATAFORMA BINACIONAL

No mesmo dia, será anunciado o lançamento da Plataforma Brasil-Reino Unido para compartilhamento de conhecimento sobre adaptação às mudanças climáticas (Hub Adaptação) e o impacto desta na sociedade brasileira – o que deve levar ao aumento da capacidade do Brasil para enfrentar os aspectos negativos provocados pelas mudanças climáticas.

A plataforma será executada pela FGV, por meio do GVces, em colaboração com o Instituto Internacional para o Meio Ambiente e Desenvolvimento (IIED), no Reino Unido, com o apoio do Conselho Britânico, tendo o Ministério do Meio Ambiente brasileiro como  beneficiário direto.

A plataforma será online e visa apoiar e promover a interação entre iniciativas sobre o tema, além de desenvolver sua governança, estável e legítima, para obter o reconhecimento de seus públicos-alvo, funcionar efetivamente como um bem público e se consolidar autossustentável econômica e operacionalmente.

Interessados em geral devem se inscrever antecipadamente pelo site:

http://186.202.166.152/ces/htdocs/index.php?r=eventos/confirmacao&id=1319.

PROGRAMAÇÃO – 12 de novembro
8h45 às 9h – Café de boas-vindas
9h às 9h30 – Abertura institucional da IEC (Iniciativas Empresariais em Clima), por Annelise Vendramini, e apresentação do Climate Change Hub com os representantes da IEC, da Embaixada do Reino Unido no Brasil e o secretário de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, Carlos Klink.
9h30 às 11h30 – Diálogo sobre as oportunidades e implicações da INDC brasileira

Diálogo entre os ministros Joaquim Levy, Izabella Teixeira e Eduardo Braga, o presidente da CPFL (Wilson Ferreira Junior), o presidente da Vestas (Rogerio Zampronha) e do presidente da InterCement (José Édison Barros Franco) sobre os impactos nos setores produtivos brasileiros e no setor de energia com a INDC brasileira e os mecanismos financeiros e incentivos para transição de uma economia de baixo carbono.

Mediadora: Celina Carpi (presidente do Conselho Deliberativo do Instituto Ethos)

11h30 às 12h – Coletiva de imprensa

Todos os palestrantes.

Pin It

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

« Anterior: Próximo »

Voltar ao topo