Home » Eventos, Eventos CNseg, Mudanças Climáticas, Notícias » Setor de seguros tem papel estratégico na busca de soluções para as mudanças climáticas

setembro 26, 2013

Setor de seguros tem papel estratégico na busca de soluções para as mudanças climáticas

Afirmação foi feita durante seminário Mudanças Climáticas e Desastres Naturais

As mudanças climáticas, assim como as guerras, têm um potencial destruidor assombroso e precisam de parcerias multidisciplinares para ações efetivas de prevenção visando reduzir as perdas materiais e de vidas esperadas a curto, médio e longo prazos. Esta foi a mensagem recorrente dos participantes da abertura do seminário Mudanças Climáticas e Desastres Naturais, promovido nesta quinta-feira, dia 26, pela Academia Brasileira de Ciências (ABC), pela Associação de Genebra, com apoio da CNseg.

Em seu relato, o secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do Ministério da Ciência Tecnologia e Inovação, Carlos Nobre, lembrou também que a indústrial mundial de seguros foi a pioneira em chamar a atenção para os efeitos perversos das mudanças climáticas, fazendo contraponto à inércia institucional dos governos. Para ele, o fato de a indústria de seguros identificar os graves problemas advindos das mudanças climáticas e seu engajamento em mitigar os riscos decorrentes de desastres naturais colocam o setor na vanguarda dos debates para que outros setores entendam a gravidade dos danos potenciais à espreita. Para ele, o setor tem um papel estratégico na busca de soluções compartilhadas com a sociedade

Antes, o presidente da Academia Brasileira de Ciências, Jacob Palis, destacou que a necessidade de aproximação entre o conhecimento e o capital, destacando que tal parceria pode contribuir para reduzir as incertezas a caminho em razão das mudanças climáticas.

Enquanto o secretário geral e diretor de Gestão da Associação de Genebra, John Fitzpatrick, assinalou que a questão das mudanças climáticas ocupa um espaço cada vez maior na agenda de entidade, a diretora executiva da Cnseg, Solange Beatriz Palheiro Mendes, e o vice-presidente da Fenseg, Carlos Alberto Trindade, lembraram que o setor enfrentará grandes dilemas, como o de precificar adequadamente os riscos em virtude das mudanças climáticas, com a criação de modelos para lidar com novas adversidades, e identificar novas oportunidades de negócios nesse novo cenário. Para Solange Beatriz, o encontro é mais uma oportunidade para a CNseg disseminar sua preocupação com a sustentabilidade e avançar na parceria público-privado nesse campo, algo típico de uma sociedade madura.

Tags: , ,

Pin It

Notícias Relacionadas

Comments are closed.

« Anterior: Próximo »

Voltar ao topo